Poesias

Alaídes Eduardo

Estações da alma


Que a tristeza de outrora
Que a lágrimas de inverno passados
Que dêem espaços à sorrisos deslumbrante
Que felicidade faça morada
O encanto brilhe no seu rosto.


Que você consiga perceber o belo sentimento
Que deseja te encontrar...
Que amor nasce de uma lágrima ou do sorriso
como uma nascente de um rio.


A última poesia 


Aquele perfume se perdeu com vento.
A rosa já não encanta mais.
Esse sorriso só esconde lágrimas!!!
A magia do amor se rendeu a tempestades de solidão.


Amor nesse mundo não existe, já se perderam os poetas.
E essa é a última poesia...


Um lugar para Amor


Só queria uma casa simples...
Um lugar aconchegante para deitar ao seu lado.
Um lugar que pudéssemos admirar a noite juntos.

Um lugar que coubesse nossos sonhos...

Um lugar que lua fosse confidente do nosso Amor.

Um lugar aonde as estrelas fossem testemunhas do nosso matrimônio!
Um lugar isso bastava...
Um lugar para o nosso Amor, era isso que nos necessitávamos...

Um lugar para Amor.



O Tempo 


Tempos de outrora
Tempo de pura inocência
Tempo de esperança
Tempo de paixão imaginária
Tempo de amores.


Tempo de desilusões
Tempo perdido
Tempo de mudança
Tempo de recomeça
Tempo de fé.


Tempo de uma vida

 Vida de um tempo.